Anos Anteriores
Anos Anteriores
Área Pessoal
Área Pessoal
Galeria
Galeria
Faqs
Faqs
Início
Início
Resultados de pesquisa







 

Percurso interpretativo na Ribeira da Menalva / Fonte Benémola

Centro Ciência Viva do Algarve


Data: 29-09-2018 - sábado

Hora de Início: 10:00

Inscrição Obrigatória (15 vagas)
Listar as 2 datas desta acção

Descrição: A Fonte Benémola, uma Paisagem Protegida Local do concelho de Loulé, é dos poucos locais nos cursos de água do Algarve onde a água corre livremente todo ano. A riqueza e diversidade de vida deste local é extraordinária!
Venha conhecê-la num imperdível e relaxado passeio, enquanto nos ajuda a descobrir as espécies que aqui vivem.
As oportunidades para fotografia são excelentes!

Ponto de encontro: Parque de estacionamento da Fonte Benémola, Querença

Como Chegar: De Loulé, pela M525 até à Aldeia da Tôr onde se vira à direita no cruzamento com semáforos para a M524 (Estr. do Olival). A saída para o estacionamento é à esquerda, 2,5km depois dos semáforos e 400m depois da ponte sobre a ribeira e da entrada para a pedreira.

Coordenadas GPS: 37.19873196044774 N, -8.004462718963623 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 9 anos

Localidade: Querença / LOULÉ / FARO

Duração: 3.00 h

Transporte durante a acção: A pé

Equipa: Miguel Rodrigues

Nota: - Roupa adequada à previsão meteorológica
- Calçado outdoor adequado, com piso de terra
- Chapéu, protector solar e água
- Repelente de insectos
- Comida leve (bolachas, barritas, etc.)
- Caso tenha guia de campo, binóculos e/ou máquina fotográfica, será muito útil se trouxer este material consigo.

A acção está incluída na Semana da Educação e Iniciativas de Voluntariado Ambiental (SEIVA).

Ver fotos Partilhar

ID: 7256

Os planos de água doce das Fontes de Estômbar

Centro Ciência Viva de Lagos


Data: 29-09-2018 - sábado

Hora de Início: 10:00

Inscrição Obrigatória (18 vagas)

Descrição: Esta é a área de descarga principal do aquífero de Querença Silves, onde a água doce exsurgente do aquífero se encontra com a água salobra do rio Arade, passado quase de imediato para sapal após as estruturas hidráulicas. Geomorfologicamente é possível observar processos de carsificação como os lapiás, e ainda a apropriação do território pelo homem que, aproveitando o potencial hidráulico desta área de descarga. Apresenta uma elevada diversidade de habitats, proporcionando bons pontos de observação de fauna local, nomeadamente de libélulas e libelinhas.

Ponto de encontro: Estacionamento do Sítio das Fontes de Estômbar

Como Chegar: A partir da N125, seguir na direção Ferragudo/Estômbar. Na primeira rotunda, sair na terceira saída (direção Estômbar). Após 1,5 km, virar à esquerda após Estômbar (direção Sítio das Fontes) e novamente na primeira à direita. Após aproximadamente 2 km irá virar novamente à esquerda na direção Sítio das Fontes.

Coordenadas GPS: 37.16142808140627 N, -8.485136032104492 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Sítio das Fontes de Estômbar / LAGOA (ALGARVE) / FARO

Itinerário: Circuito de manutenção do Sítio das Fontes de Estômbar

Duração: 1.30 h

Transporte durante a acção: A pé

Equipa: Joana Alho Paulo Guerreiro

Nota: Os participantes devem usar calçado confortável e proteção para o sol, devendo ainda levar água e, caso se justifique, um pequeno lanche.

Ver fotos Partilhar

ID: 7237

Percurso interpretativo na Estação da Biodiversidade da Ribeira do Alportel

Centro Ciência Viva do Algarve


Data: 29-09-2018 - sábado

Hora de Início: 15:00

Inscrição Obrigatória (15 vagas)

Descrição: A Estação da Biodiversidade da Ribeira de Alportel possui uma enorme variedade de seres - plantas, animais, fungos...
Neste Passeio Interpretativo vamos visitar esta Estação onde, com a ajuda de um especialista, nos centraremos nos insectos (e outros artrópodes). No entanto, não deixaremos passar nada despercebido - flora, aves e qualquer outro grupo de seres vivos será alvo das nossas câmaras. Temas para fotografia não faltarão!

Ponto de encontro: Largo da Capela do Alportel

Como Chegar: De Faro ou São Brás, pela N2 até Alportel. No centro da povoação, apanhar a rua à direira para a M1202 (indicações “Alportel centro”).

Coordenadas GPS: 37.1752268506273 N, -7.909201383590698 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 9 anos

Localidade: Alportel / SÃO BRÁS DE ALPORTEL / FARO

Duração: 3.00 h

Transporte durante a acção: Automóvel próprio

Equipa: Miguel Rodrigues

Nota: - Roupa adequada à previsão meteorológica
- Calçado outdoor adequado, com piso de terra
- Chapéu, protector solar e água
- Repelente de insectos
- Comida leve (bolachas, barritas, etc.)
- Caso tenha guia de campo, binóculos e/ou máquina fotográfica, será muito útil se trouxer este material consigo.
A acção está incluída na Semana da Educação e Iniciativas de Voluntariado Ambiental (SEIVA).

Ver fotos Partilhar

ID: 7255

Data: 29-09-2018 - sábado

Hora de Início: 15:30

Inscrição Obrigatória (20 vagas)

Descrição: Será efetuada uma visita à Ribeira da Vagem, um afluente do rio Sul, para conhecer as características principais dos sistemas ribeirinhos desta região, em particular a estrutura das margens e a composição da flora e fauna. Os participantes irão observar as árvores e arbustos da galeria ripícola, plantas aquáticas, invertebrados aquáticos e o património arquitetónico associado ao rio.

Ponto de encontro: Porta da Igreja de Aveloso do Sul, junto ao cemitério

Como Chegar: Sair de São Pedro do Sul e seguir a EM559 em direcção a Oliveira, seguir para Aveloso de Sul até à Igreja, junto ao cemitério.

Coordenadas GPS: 40.82851289544665 N, -8.046154975891113 O

Ver no Mapa

Idade mínima: Não se aplica

Localidade: Aveloso do Sul / SÃO PEDRO DO SUL / VISEU

Itinerário: Igreja de Sul, Aveloso de Sul – Ribeira da Vagem – Associação Fragas-Aveloso

Duração: 2.30 h

Transporte durante a acção: Automóvel próprio

Equipa: Paula Chainho Luis Ribeiro Luis Silva

Nota: Levar água e calçado confortável, chapéu/boné e protetor solar.
Recomenda-se a comparência no ponto de encontro com 10 minutos de antecedência em relação à hora de início indicada. Poderá ser levado farnel para almoço na sede da Associação Fragas-Aveloso.

Ver fotos Partilhar

ID: 7273

Data: 30-09-2018 - domingo

Hora de Início: 10:00

Inscrição Obrigatória (18 vagas)

Descrição: Vamos descobrir o que há no rio Alviela. Conhecer a origem da sua água, a sua biodiversidade e o seu património histórico e cultural, num percurso ao longo das suas margens. Acompanhados por biólogos vamos conhecer as espécies de fauna e flora, presentes neste rio. Assim como detectar se aqui também há invasoras. Sabia que a nascente do rio Alviela foi a principal fonte de abastecimento de água à cidade de Lisboa? Venha descobrir a importância deste ecossistema para inúmeras espécies e a importância deste rio para as populações locais.

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva do Alviela – Olhos de Água do Alviela – Alcanena

Como Chegar: Vindo de Lisboa ou Porto: A1 saída Torres Novas/Abrantes, saída Alcanena/Minde, seguir em direção a Alcanena, seguir sinalética Centro Ciência Viva do Alviela - CARSOSCÓPIO. Vindo de outros pontos: seguir em direção a Alcanena, seguir sinalética Centro Ciência Viva do Alviela - CARSOSCÓPIO.

Coordenadas GPS: 39.44550609745811 N, -8.710259199142456 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Olhos de Água do Alviela – Louriceira / ALCANENA / SANTAREM

Itinerário: A ação desenvolve-se num percurso de cerca de 3Km ao longo das margens do rio Alviela.

Duração: 4.00 h

Transporte durante a acção: A pé

Equipa: Jael Palhas Tatiana Moreira ou Sandra Antunes Maria João Silva Alexandre Santos Lima

URL: http://www.alviela.cienciaviva.pt

Nota: Os participantes deverão trazer roupa e calçado confortável e adequado às condições meteorológicas (é desaconselhado o uso de chinelos ou sandálias), água e refeição ligeira.

Ver fotos Partilhar

ID: 7252

Data: 30-09-2018 - domingo

Hora de Início: 10:00

Inscrição Obrigatória (30 vagas)

Descrição: Com esta ação que integra a visita ao Rio Sabor, na aldeia de França, temos em vista a promoção da conservação e valorização do património natural visando a manutenção da biodiversidade e a utilização sustentável dos recursos. Esta ação pretende ainda sensibilizar para a conservação dos peixes e bivalves autóctones do Nordeste de Portugal.

Ponto de encontro: Largo do senhor da Piedade (zona Polis) em Bragança, junto à capela, no cimo da escadaria.

Como Chegar: No IP4, sair na saída Bragança Sul, seguir até ao Campus Universitário do IPB e descer a Alameda de Santa Apolónia. Chegando à rotunda, sair na segunda saída, na estrada do Turismo e virar para a Rua do Senhor da Piedade.

Coordenadas GPS: 41.80329437656324 N, -6.7555832862854 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Aldeia de França- Bragança. / BRAGANÇA / BRAGANCA

Itinerário: Início da atividade: largo do Senhor da Piedade (espaço Polis), onde estará um autocarro disponível para transportar os participantes. Bragança- aldeia de França- Bragança.

Duração: 6.00 h

Transporte durante a acção: A pé, Bicicleta, Automóvel próprio, Não aplicável

Equipa: Clotilde Nogueira Amílcar Teixeira (investigador)

Ver fotos Partilhar

ID: 7274

Data: 30-09-2018 - domingo

Hora de Início: 10:00

Inscrição Obrigatória (20 vagas)

Descrição: Será efetuada uma visita ao Rio Trouce, um afluente do rio Vouga, para conhecer as características principais dos sistemas ribeirinhos desta região, em particular a estrutura das margens e a composição da flora e fauna. Os participantes irão observar as árvores e arbustos da galeria ripícola, plantas aquáticas, invertebrados aquáticos e o património arquitetónico associado ao rio.

Ponto de encontro: Entrada da Quinta da Comenda

Como Chegar: Sair de São Pedro do Sul e seguir a N16 em direção a Bodiosa, passar a aldeia do Paraíso e 200m a seguir desviar para saída à direita com indicação da Quinta da Comenda (3km desde S. Pedro do Sul).

Coordenadas GPS: 40.745037947440835 N, -8.039910793304443 O

Ver no Mapa

Idade mínima: Não se aplica

Localidade: Quinta da Comenda / SÃO PEDRO DO SUL / VISEU

Itinerário: Entrada da Quinta da Comenda – Rio Trouce

Duração: 2.30 h

Transporte durante a acção: Não aplicável

Equipa: Paula Chainho Luis Ribeiro Luis Silva

Nota: Levar água e calçado confortável, chapéu/boné e protetor solar.
Recomenda-se a comparência no ponto de encontro com 10 minutos de antecedência em relação à hora de início indicada. Poderá ser levado farnel para almoço junto ao rio ou e a Quinta da Comenda pode fornecer uma refeição, mediante marcação prévia, com um custo de 10€.

Ver fotos Partilhar

ID: 7272

As intermitências de água no castelo de Paderne

Centro Ciência Viva de Lagos


Data: 03-10-2018 - quarta-feira

Hora de Início: 17:00

Inscrição Obrigatória (18 vagas)

Descrição: A localização do Castelo de Paderne encontra-se intimamente ligada à sua posição alcandorada e à existência de água em abundância, o que se devem às condições geomorfológicas locais. Da mesma forma que favoreceram as atividades humanas, estas condições favorecem a instalação de uma fauna e flora rica, onde é fácil observar libélulas e libelinhas, entre outros animais.

Ponto de encontro: Sob o viaduto da A22, junto à ribeira de Quarteira

Como Chegar: A partir de Paderne, seguir em direção ao Purgatório/A2 (N270) e seguir a sinalética Fonte de Paderne/Castelo, virando à direita após a Fonte de Paderne para um caminho de terra batida, seguindo a sinalética Castelo.

Coordenadas GPS: 37.15995743205416 N, -8.20100963114271 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 8 anos

Localidade: Paderne / ALBUFEIRA / FARO

Itinerário: Castelo de Paderne - Ponte Medieval - Azenha da Cabana (7 km circulares)

Duração: 3.00 h

Transporte durante a acção: A pé

Equipa: Joana Alho Paulo Guerreiro

Nota: Os participantes devem usar calçado confortável e proteção para o sol, devendo ainda levar água e, caso se justifique, um pequeno lanche.

Ver fotos Partilhar

ID: 7238

Das nascentes à cascata, uma história com vida

Centro Ciência Viva de Lagos


Data: 11-10-2018 - quinta-feira

Hora de Início: 17:00

Inscrição Obrigatória (20 vagas)

Descrição: A Fonte Grande é um ponto de água permanente que, abastecido pela água que se infiltra nos calcários a norte, chega à superfície nesta área. Isto confere importância à aldeia, onde se construíram açudes que nos refrescam de verão, bem como aos animais. Este é um local privilegiado para a observação de libélulas e libelinhas, insetos bioindicadores da qualidade de habitats de água doce. As caraterísticas da água levaram ainda à formação, ao longo de milhares de anos, de cascatas de grande beleza natural!

Ponto de encontro: Fonte Grande (Olho de água)

Como Chegar: A partir de Benafim/Loulé, virar à direita no início da aldeia, seguindo a sinalética de Fontes o que, em sentido inverso (a partir de Messines), é pouco após a ponte sobre a ribeira. Depois deverá seguir em frente até atravessar a ribeira, altura em que irá virar à direita. O ponto de encontro é junto ao segundo restaurante à direita, na Fonte Grande.

Coordenadas GPS: 37.238904473567004 N, -8.169493675231934 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 8 anos

Localidade: Alte / LOULÉ / FARO

Itinerário: Fonte Grande - Fonte Pequena - Cemitério - Queda do Vigário (2 km lineares)

Duração: 1.30 h

Transporte durante a acção:

Equipa: Joana Alho Paulo Guerreiro

Nota: Os participantes devem usar calçado confortável e proteção para o sol, devendo ainda levar água e, caso se justifique, um pequeno lanche.

Ver fotos Partilhar

ID: 7235

Froia: À descoberta de um refúgio

Centro Ciência Viva de Proença-a-Nova em parceria com FAPAS


Data: 14-10-2018 - domingo

Hora de Início: 9:00

Inscrição Obrigatória (19 vagas)

Descrição: A 10km de Proença-a-Nova passa a ribeira da Fróia e nas suas margens, a flora e a fauna tranquilas, levam-nos numa viagem de puro casamento natural.
Vamos conhecer a zona envolvente à ribeira da Fróia, abordando de uma forma generalizada os seus aspetos geológicos, biológicos (fauna e flora), e explorando a relação do Homem com a ribeira, de forma a percebermos a necessidade de preservar este ecossistema ribeirinho. Serão efetuadas diferentes análises à água de forma a avaliar a qualidade da mesma.

Ponto de encontro: Praia Fluvial da Fróia - em frente ao Bar

Como Chegar: De Lisboa/Porto: A1-A23-IC8-saida 39 e seguir para Sobreira Formosa em direcção a praia fluvial da Froia
De Castelo Branco: A23-IC8-saida 39 e seguir para Sobreira Formosa em direcção a praia fluvial da Froia

Coordenadas GPS: 39.78911570164034 N, -7.838176488876343 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Proença-a-Nova / PROENÇA-A-NOVA / CASTELO BRANCO

Itinerário: Froia – Praia Fluvial da Froia

Duração: 5.00 h

Transporte durante a acção: Automóvel próprio

Equipa: Patrícia Silva Cheila da Luz Marta Palhim

Nota: Trazer roupa e calçado adequado, chapéu ou boné, protetor solar, água e merenda para o lanche.

Ver fotos Partilhar

ID: 7269



Existem 10 acções que correspondem à sua pesquisa

       
     
Início
Página principal