Anos Anteriores
Anos Anteriores
Área Pessoal
Área Pessoal
Galeria
Galeria
Faqs
Faqs
Início
Início
Resultados de pesquisa







 

Da rocha ao caco... Breve História da cerâmica contada por geólogos e arquelólogos

Centro Ciência Viva de Estremoz em parceria com Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora


Data: 20-07-2018 - sexta-feira

Hora de Início: 10:00

Inscrição Obrigatória (8 vagas)

Descrição: Durante a Pré-História o Homem aprendeu a converter a matéria-prima da Natureza em recipientes com formas/funções diversas, que viriam a tornar-se indispensáveis nas actividades diárias. Geólogos e arqueólogos contam a história da cerâmica - desde formações geológicas na origem dos barreiros, ao fabrico das primeiras cerâmicas manuais e a torno, até à descoberta do ‘caco’ em contexto arqueológico.

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva de Estremoz

Como Chegar: Em pleno centro da cidade. Para chegar a Estremoz Seguir pela N4 (sentido Elvas) ou pela A6 (sentido Espanha). Seguir pela A6 até à saída de Estremoz. Entrar na cidade até ao seu Centro (Rossio Marquês de Pombal) e procurar Convento das Maltezas/Pólo da Universidade de Évora.

Coordenadas GPS: 38.842793268533164 N, -7.584635317325592 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Estremoz / ESTREMOZ / EVORA

Duração: 2.30 h

Transporte durante a acção:

A pé, Automóvel próprio

Equipa: Mónica Rolo, Rui Dias, Isabel Machado e Alexis Soares

URL: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Partilhar

ID: 7196

RadioAmadorismo: o descobrir de novos modos de Comunicar e ao alcance de qualquer um

Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães


Data: 21-07-2018 - sábado

Hora de Início: 11:00

Inscrição Obrigatória (7 vagas)
Listar as 2 datas desta acção

Descrição: O Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães e o Grupo QRX Norte (Grupo de Amigos do Radioamadorismo) reunem no Concelho de Guimarães para mais uma atividade de comunicação por Radioamadorismo.

Com esta atividade pretende-se que os visitantes experienciem outros modos de comunicar através de ondas rádio, em frequências da Banda de Cidadão

Ponto de encontro: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães
Montanha da Penha
Citânia de Briteiros

Como Chegar: Rua da Ramada, 166
S. Sebastião
4815-445

(procurar no google maps e apple maps por Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães)

As outras estações de transmissão poderão ser encontradas em locais de eleição/referência de Guimarães, nomeadamente, Montanha da Penha e Citânia de Briteiros.

Evitar levar carro próprio para as imediações do Curtir Ciência - Centro Ciência de Guimarães.

Coordenadas GPS: 41.439504260894424 N, -8.291980773210526 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Guimarães / GUIMARÃES / BRAGA

Itinerário: As três estações experimentais serão montadas por pessoal especializado (Recoqueiros do Norte).

Duração: 0.30 h

Transporte durante a acção:

A pé, Bicicleta, Comboio

Equipa: Carlos Ferreira Miguel Silva Daniel Ferreira

URL: http://sites.google.com/view/qrxnorte

Nota: A todos os participantes será proporcionado a possibilidade de operar com um Radio (Banda do Cidadão).

A atividade será amplamente divulgada nas redes sociais, sites do Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães, sites da especialidade.

https://ccvguimaraes.pt
https://sites.google.com/view/qrxnorte

Partilhar

ID: 7155

Visita a uma Anta e Workshop de Iniciação a Arqueologia

Centro Ciência Viva de Proença-a-Nova


Data: 22-07-2018 - domingo

Hora de Início: 9:15

Inscrição Obrigatória (1 vagas)

Descrição: Por entre pinhais e eucaliptais, estevas e urzes, propomos partir à descoberta dos monumentos megalíticos existentes por estas paragens. Datadas do período Neolítico/Calcolítico, as antas ou mamoas são câmaras funerárias usadas neste período da Pré-História. Terá depois a oportunidade de observar as escavações arqueológicas que estão a ser realizadas, lado a lado com os arqueólogos.

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva da Floresta

Como Chegar: Da A1 – saída para IC8 em Pombal, direção Castelo Branco, sair do IC8 na saída 39, seguir as placas Centro Ciência Viva da Floresta.
Da A23 – saída para IC8 em Perdigão, direção Pombal, sair do IC8 na saída 39, seguir as placas Centro Ciência Viva da Floresta

Coordenadas GPS: 39.73362709041229 N, -7.876296043395996 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 14 anos

Localidade: Moitas / PROENÇA-A-NOVA / CASTELO BRANCO

Duração: 3.00 h

Transporte durante a acção:

Automóvel próprio

Equipa: João Carlos Caninas Mário Monteiro Marta Palhim Isabel Gaspar António Sequeira

URL: http://www.ccvfloresta.com/

Nota: Trazer roupa e calçado confortável e adequado à atividade, chapéu, protetor solar, água e lanche.

Partilhar

ID: 6851

Visita guiada à Citânia de Briteiros

Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães em parceria com Sociedade Martins Sarmento


Data: 28-07-2018 - sábado

Hora de Início: 17:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: A visita acompanhada à Citânia de Briteiros proporciona uma inesquecível viagem no tempo, percorrendo milhares de anos.
Um dos mais conhecidos monumentos arqueológicos portugueses, conserva as ruínas de uma vasta povoação habitada no período castrejo pré-romano.

Ponto de encontro: Receção Citânia de Briteiros
São Salvador de Briteiros
Guimarães

Como Chegar: Da zona Norte (Braga) deverá ser escolhido o itinerário que passa pelo monte do Sameiro.

Pelas coordenadas Sul (Guimarães, Taipas, etc) deverá ser selecionada a Estrada Nacional N103, com direção à Povoa de Lanhoso (cortar à direita no cruzamento que indica a Citânia de Briteiros).

Das Coordenadas Este (Póvoa de Lanhoso) deverá ser selecionada a Estrada Nacional N103 e cortar à esquerda no mesmo cruzamento que possui a Placa Citânia de Briteiros.

Coordenadas GPS: 41.527065231507855 N, -8.314153253995073 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: S. Salvador de Briteiros - Guimarães / GUIMARÃES / BRAGA

Itinerário: Encontro na porta da Citânia de Briteiross (deslocar-se à recinto da Citânia de Briteiros).

Duração: 1.30 h

Transporte durante a acção:

A pé, Bicicleta, Automóvel próprio

Equipa: Arqueóloga Daniela Cardoso Arqueólogo Gonçalo Cruz

URL: http://www.csarmento.uminho.pt

Nota: A atividade será acompanhada pelos Arqueólogos Daniela Cardoso e Gonçalo Cruz (Serviço Educativo Sociedade Martins Sarmento).

Após esta atividade decorrerá a Cerimónia Anual Citânia Viva que os visitantes que façam esta atividade poderão participar gratuitamente (ver programa em http://pedraformosa.blogspot.com).

A sessão será cancelada caso não haja um numero mínimo de participantes previamente inscritos (12 participantes).

Em caso de dúvida contactar-la por se@msarmento.org (Serviço Educativo Sociedade Martins Sarmento).

Partilhar

ID: 7173

Explorando o Fortes e Baterias da Catraia

Centro Ciência Viva de Proença-a-Nova


Data: 29-07-2018 - domingo

Hora de Início: 9:15

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: Por entre pinheiros e vegetação rasteira vamos cruzar os caminhos das tropas da “Guerra dos 7 anos” e das “Invasões Francesas” e visitar estruturas militares (Fortes e Baterias) com valor histórico à escala nacional, enquanto dispositivo de defesa de Portugal.

Ponto de encontro: Hotel da Catraia

Como Chegar: Da A1 – saída para IC8 em Pombal, direção Castelo Branco, saída do IC8 para Proença-a-Nova na 3ª saída para Proença, seguir pela N241 e seguir para a N233 (o ponto de encontro (posto de combustível) fica à entrada da Catraia). De Castelo Branco – seguir pela N233 até Catraia, depois de passar a localidade chega ao ponto de encontro (Hotel da Catraia).

Coordenadas GPS: 39.795611739757014 N, -7.795658111572266 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 8 anos

Localidade: Catraia / PROENÇA-A-NOVA / CASTELO BRANCO

Duração: 3.00 h

Transporte durante a acção:

Automóvel próprio

Equipa: João Carlos Caninas Mário Monteiro Marta Palhim Isabel Gaspar António Sequeira António Manuel Silva

URL: http://www.ccvfloresta.com/

Nota: Trazer roupa e calçado confortável e adequados à atividade, chapéu, protetor solar, água e lanche.

Partilhar

ID: 6850

Data: 29-07-2018 - domingo

Hora de Início: 10:30

Inscrição Obrigatória (6 vagas)

Descrição: Workshop em que o visitante é convidado a trabalhar a argila, vulgarmente conhecido como barro, para compreender a importância deste recurso no período calcolítico e na talhe para as peças dos dias de hoje.

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva do Lousal

Como Chegar: VINDO DO PORTO OU LISBOA
A partir do Porto tome a A1 até Lisboa. A partir de Lisboa tome a A2 até à saída de Beja/Ferreira. Siga em direção a Ourique/Faro. Cerca de 9 kms depois, vire à direita na indicação “Arqueologia Industrial – Lousal”.

Coordenadas GPS:
Lat: +38° 2′_ 10.43″_ (38.036242)
Long: -8° 25′_ 35.42″_ (-8.426558)

Idade mínima: 8 anos

Localidade: Lousal / GRÂNDOLA / SETUBAL

Itinerário: Centro Ciência Viva do Lousal

Duração: 3.00 h

Transporte durante a acção:

Não aplicável

Equipa: Paula Lança - Nuno Inácio - Marta Lamelas

Acessibilidade: Esta ação está assinalada como acessível a pessoas portadoras de deficiência.

Custo da acção: 5€ por pessoa



Partilhar

ID: 7080

As histórias escondidas na "Brecha Algarvia"

Centro Ciência Viva de Tavira em parceria com GeoWalks & Talks


Data: 01-08-2018 - quarta-feira

Hora de Início: 9:30

Inscrição Obrigatória (1 vagas)
Listar as 2 datas desta acção

Descrição: A _Brecha Algarvia_ é uma rocha rica em restos de animais marinhos fossilizados. Estes fósseis são o testemunho de uma época em que o território que hoje constitui o Algarve estava debaixo de água. A temperatura dessas águas oceânicas era bem mais quente do que atualmente, tendo permitido a existência de uma fauna luxuriante em torno de recifes de coral.

Ponto de encontro: Geoponto de Mesquita

Como Chegar: Seguir as indicações para o Geoponto de Mesquita (localizado junto às pedreiras situadas ao longo da estrada M1207).

Coordenadas GPS: 37.14310491204569 N, -7.841690182685852 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 15 anos

Localidade: Mesquita Baixa / SÃO BRÁS DE ALPORTEL / FARO

Itinerário: Geoponto de Mesquita - Pedreira de «Brecha Algarvia» (Mármalgarve)

Duração: 3.30 h

Transporte durante a acção:

A pé

Equipa: Hélder Pereira, Francisco Lopes, José Manuel Martins dos Santos

Nota: DEVE LEVAR: Roupa confortável e adequada às condições atmosféricas, calçado apropriado para caminhar, chapéu, protetor solar, água, pequeno lanche.

Partilhar

ID: 7038

Data: 01-08-2018 - quarta-feira

Hora de Início: 10:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: Visita à villa romana de Frielas, com possibilidade de experimentar uma escavação arqueológica. O Sítio Arqueológico de Frielas integra uma villa de época romana, as cerâmicas, as moedas e os motivos decorativos dos mosaicos espelham gostos e estratégias de consumo das gentes que viveram nesta villa, entre os meados do século I d.C. até meados do século V d.C..

Ponto de encontro: Sítio arqueológico de Frielas, Rua Quinta do Caiado, Frielas
38º 49’ 34.352” N / 9º 8’ 40.49” W

Como Chegar: Como chegar A8, saída no Nó de Frielas, EN250 até Frielas, traseiras da Igreja de Frielas

Idade mínima: 8 anos

Localidade: Frielas / LOURES / LISBOA

Duração: 2.30 h

Transporte durante a acção:

Equipa: Ana Silva, Vasco Coelho, Ana Bagulho

URL: http://www.cm-loures.pt/AreaConteudo.asp

Nota: Aconselhamos o uso de roupa, calçado confortável e chapéu.

Partilhar

ID: 7028

Open Day escavações arqueológicas na Horta da Torre

Centro Ciência Viva de Estremoz em parceria com Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora


Data: 09-08-2018 - quinta-feira

Hora de Início: 10:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: Na escavação arqueológica da villa romana da Horta da Torre (Fronteira) os participantes podem contactar com processos de Arqueologia, ver os materiais e estruturas_ também, vão conhecer um sítio monumental, que expressa como as elites romanas construíam residências luxuosas para o seu otium (lazer). Uma sala com cascata artificial e um espaço de tanque que servia como pátio da casa são visitáveis

Ponto de encontro: Termas da Sulfúrea, Cabeço de Vide

Como Chegar: Seguir indicação para as Termas

Coordenadas GPS: 39.135382294824026 N, -7.5798046588897705 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: Cabeço de Vide - Fronteira / FRONTEIRA / PORTALEGRE

Duração: 2.00 h

Transporte durante a acção:

A pé, Autocarro

Equipa: André Carneiro

URL: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Nota: Necessário levar calçado adequado, protecção para o sol e água.

Partilhar

ID: 7191

Passeio geo-arqueológico na Serra das Penas

Centro Ciência Viva de Estremoz em parceria com Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora


Data: 13-08-2018 - segunda-feira

Hora de Início: 10:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: A Serra das Penas é uma formação geológica situada na freguesia de Cabeço de Vide no concelho de Fronteira. Apresenta uma notável concentração de sítios arqueológicos de diferentes épocas. Percorrer estes trilhos, conhecer as antas e o povoado fortificado e ver o modo como a presença humana se processou nesta paisagem natural é o desafio proposto.

Ponto de encontro: Rossio de Cabeço de Vide

Como Chegar: Seguir as indicações para a Junta de Freguesia de Cabeço de Vide, junto ao Largo 25 de abril.

Coordenadas GPS: 39.131100549892516 N, -7.590361833572388 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: Cabeço de Vide, Concelho de Fronteira / FRONTEIRA / PORTALEGRE

Duração: 2.00 h

Transporte durante a acção:

A pé, Bicicleta, Automóvel próprio

Equipa: André Carneiro, Rui Dias, Alexis Soares, André Paiva.

URL: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Partilhar

ID: 7192

O Património de Rio Maior – Conhecer para valorizar

Centro Ciência Viva do Alviela em parceria com FAPAS


Data: 02-09-2018 - domingo

Hora de Início: 9:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: Quando falamos de Rio Maior vem-nos logo à ideia as Salinas (do sal sem mar), mas este Concelho tem muito mais para oferecer. O Património Natural, Geológico e Histórico-Cultural: as nascentes do Rio Maior, de Alcobertas, os Potes dos Mouros e o Dólmen. Conheça ainda o património cultural (Villa Romana, minas do Espadanal...). Faça uma paragem na Cooperativa Terra Chã e visite as grutas de Alcobertas.

Ponto de encontro: Parque de Estacionamento das Bocas (Freiria). Nascente do Rio Maior, EN114 (39.344607, -8.966799).

Como Chegar: Quem vem de Lisboa:
Siga pela A1. Siga pela A15, saída em direção a Caldas da Rainha/Rio Maior. Siga pela saída 5 em direção a Rio Maior Este/N114. Na rotunda siga pela 1ª saída (N114). Vire à esquerda em direção a IC2/Lisboa/Leiria. Vire à direita em direção a N114/Caldas da Rainha. Na rotunda, siga pela 2ª saída em direção a C. Rainha/N114. Vire à esquerda e daí a cerca de 1,5km chegará a um pequeno parque de estacionamento de terra batida do lado esquerdo.

Quem vem do Porto:
Siga pela A1 para Leiria. Siga pela saída 9 em direção a Leiria/A8 Oeste/N242/M.nha Grande. Continue até A1. Utilize a faixa da esquerda para convergir com N113 em direção a Tomar/Ourém. Continue até A8. Siga pela saída em direção a A19. Mantenha-se à direita no cruzamento e siga as indicações para IC2/Lisboa. Mantenha-se à esquerda no cruzamento, siga as indicações para A17 e vire para A19. Siga pela IC2 saída em direção a Alcobaça. Continue na IC2. Na rotunda, siga pela 2.ª saída para IC2/IC9. Siga pela saída em direção a Rio Maior/Alto da Serra. Na rotunda, siga pela 2.ª saída. Vire à direita em direção a Rio Maior/Alto da Serra. Na rotunda, siga pela 2.ª saída (em direção a IC2/Lisboa). Vire à direita em direção a N114 e daí a cerca de 1,5km chegará a um pequeno parque de estacionamento de terra batida do lado esquerdo.

Quem vem de Castelo Branco:
Siga pela A23. Continue pela A1 em direção a Lisboa/Santarém. Siga para A15 em direção a C.das Rainha/Rio Maior. Siga pela saída 5 em direção a Rio Maior Este/N114. Na rotunda siga pela 1ª saída (N114). Vire à esquerda em direção a IC2/Lisboa/Leiria. Vire à direita em direção a N114/Caldas da Rainha. Na rotunda, siga pela 2ª saída em direção a C. Rainha/N114. Vire à esquerda e daí a cerca de 1,5km chegará a um pequeno parque de estacionamento de terra batida do lado esquerdo.

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Rio Maior / RIO MAIOR / SANTAREM

Duração: 7.00 h

Transporte durante a acção:

A pé, Automóvel próprio, Autocarro

Equipa: Patrícia Alexandra Felismino da Silva_ Ana Cheila da Luz Pinheiro_

URL: http://www.fapas.pt/

Nota: Trazer roupa e calçado adequado, chapéu ou boné, protetor solar, água e merenda para o lanche e almoço. Esta ação tem o apoio do Município de Rio Maior e da Cooperativa Terra Chã.

Os participantes terão de pagar 3€/pessoa para ir visitar as Grutas de Alcobertas (capacetes, iluminação e guia).

A visita a esta gruta é de fácil/médio acesso.

Partilhar

ID: 7144

O Mármore de Estremoz: Um passeio geo-arqueológico

Centro Ciência Viva de Estremoz em parceria com Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora


Data: 05-09-2018 - quarta-feira

Hora de Início: 15:00

Inscrição Obrigatória (20 vagas)

Descrição: O mármore de Estremoz pelas suas qualidades únicas sempre foi apreciado ao longo da História, como se pode comprovar por vários vestígios e monumentos ao longo deste percurso. Como se formou este recurso? De que forma o Homem aproveitou este recurso e qual a sua importância na economia antiga? Visitando algumas pedreiras conseguimos ver como a exploração transformou a paisagem e a ocupação humana.

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva de Estremoz

Como Chegar: Em pleno centro da cidade. Para chegar a Estremoz Seguir pela N4 (sentido Elvas) ou pela A6 (sentido Espanha). Seguir pela A6 até à saída de Estremoz. Entrar na cidade até ao seu Centro (Rossio Marquês de Pombal) e procurar Convento das Maltezas/Pólo da Universidade de Évora.

Coordenadas GPS: 38.84279326853314 N, -7.584659457206726 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: Estremoz / ESTREMOZ / EVORA

Duração: 2.45 h

Transporte durante a acção:

A pé, Automóvel próprio

Equipa: André Carneiro, Rui Dias, Isabel Machado e Alexis Soares

URL: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Nota: Necessário Levar calçado adequado para caminhada, protecção para o Sol e água.

Partilhar

ID: 7195

As antigas minas de água do Mosteiro de São Martinho de Tibães (Braga): um percurso pela geoconservação e património

Planetário do Porto - Centro Ciência Viva em parceria com Departamento de Engenharia Geotécnica do Instituto Superior de Engenharia do Porto


Data: 08-09-2018 - sábado

Hora de Início: 10:30

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: Na Cerca do Mosteiro de Tibães e área envolvente existe uma série de minas de água subterrânea e de antigas minas de volfrâmio. Será realizado um passeio geológico à superfície e um percurso subterrâneo singular, onde se discutirão aspectos de geoconservação, hidrogeologia, geotecnia mineira e património geológico-mineiro. Está prevista uma visita guiada ao Mosteiro de Tibães.

Ponto de encontro: Mosteiro de Tibães

Como Chegar: Mosteiro de Tibães (http://www.mosteirodetibaes.org/)

Coordenadas GPS: 41.555834203711804 N, -8.478736281394958 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 7 anos

Localidade: Mire de Tibães (mosteiro de Tibães), Braga / BRAGA / BRAGA

Itinerário: -

Duração: 5.00 h

Transporte durante a acção:

A pé, Automóvel próprio

Equipa: Maria Eugénia Lopes (DEG e LABCARGA|ISEP) Maria José Afonso (DEG e LABCARGA|ISEP) Liliana Freitas (LABCARGA|ISEP) José Filinto Trigo (DEC e LABCARGA|ISEP) Maria João Dias Costa (Mosteiro de Tibães) Helder I. Chaminé (DEG e LABCARGA|ISEP)

Nota: Esta acção recebe apoio fruto de uma parceria técnico-científica entre o Laboratório de Cartografia e Geologia Aplicada do ISEP e o Mosteiro de Tibães. Dada a especificidade da acção é necessário que os participantes levem, obrigatoriamente, galochas, fato impermeável e lanterna (+ pilhas). Os participantes deverão ainda levar roupa e calçado confortável para caminhada, protector solar, chapéu e impermeável, bem como uma refeição ligeira e água.

Partilhar

ID: 5874

RadioAmadorismo: o descobrir de novos modos de Comunicar e ao alcance de qualquer um

Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães


Data: 08-09-2018 - sábado

Hora de Início: 11:00

Inscrição Obrigatória (20 vagas)
Listar as 2 datas desta acção

Descrição: O Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães e o Grupo QRX Norte (Grupo de Amigos do Radioamadorismo) reunem no Concelho de Guimarães para mais uma atividade de comunicação por Radioamadorismo.

Com esta atividade pretende-se que os visitantes experienciem outros modos de comunicar através de ondas rádio, em frequências da Banda de Cidadão

Ponto de encontro: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães
Montanha da Penha
Citânia de Briteiros

Como Chegar: Rua da Ramada, 166
S. Sebastião
4815-445

(procurar no google maps e apple maps por Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães)

As outras estações de transmissão poderão ser encontradas em locais de eleição/referência de Guimarães, nomeadamente, Montanha da Penha e Citânia de Briteiros.

Evitar levar carro próprio para as imediações do Curtir Ciência - Centro Ciência de Guimarães.

Coordenadas GPS: 41.439504260894424 N, -8.291980773210526 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Guimarães / GUIMARÃES / BRAGA

Itinerário: As três estações experimentais serão montadas por pessoal especializado (Recoqueiros do Norte).

Duração: 0.30 h

Transporte durante a acção:

A pé, Bicicleta, Comboio

Equipa: Carlos Ferreira Miguel Silva Daniel Ferreira

URL: http://sites.google.com/view/qrxnorte

Nota: A todos os participantes será proporcionado a possibilidade de operar com um Radio (Banda do Cidadão).

A atividade será amplamente divulgada nas redes sociais, sites do Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães, sites da especialidade.

https://ccvguimaraes.pt
https://sites.google.com/view/qrxnorte

Partilhar

ID: 7155

Visita temática· Gravuras rupestres de Briteiros

Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães em parceria com Sociedade Martins Sarmento


Data: 15-09-2018 - sábado

Hora de Início: 19:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: A atividade consiste na visita guiada aos núcleos de gravuras rupestres existentes na encosta do monte da Citânia de Briteiros.

Ponto de encontro: Citânia de Briteiros
São Salvador de Briteiros
Guimarães

Como Chegar: Da zona Norte (Braga) deverá ser escolhido o itinerário que passa pelo monte do Sameiro.

Pelas coordenadas Sul (Guimarães, Taipas, etc) deverá ser selecionada a Estrada Nacional N103, com direção à Povoa de Lanhoso (cortar à direita no cruzamento que indica a Citânia de Briteiros).

Das Coordenadas Este (Póvoa de Lanhoso) deverá ser selecionada a Estrada Nacional N103 e cortar à esquerda no mesmo cruzamento que possui a Placa Citânia de Briteiros.

Coordenadas GPS: 41.52695127648495 N, -8.314086198806763 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: S. Salvador de Briteiros - Guimarães / GUIMARÃES / BRAGA

Itinerário: Encontro na porta da Citânia de Briteiros (deslocar-se à Recepção do Recinto).

Duração: 1.30 h

Transporte durante a acção:

A pé, Bicicleta, Automóvel próprio

Equipa: Arqueóloga Daniela Cardoso Arqueólogo Gonçalo Cruz

URL: http://www.csarmento.uminho.pt

Nota: A atividade será acompanhada pelos Arqueólogos Daniela Cardoso e Gonçalo Cruz (Serviço Educativo Sociedade Martins Sarmento).

A sessão será cancelada caso não haja um numero mínimo de participantes previamente inscritos (8 participantes).

Em caso de dúvida contactar-la por se@msarmento.org (Serviço Educativo Sociedade Martins Sarmento).

Partilhar

ID: 7172



Existem 15 acções que correspondem à sua pesquisa

       
     
Início
Página principal